Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Adriane Lopes é empossada prefeita de Campo Grande em ato na Câmara

Adriane Lopes foi empossada prefeita de Campo Grande em ato na Câmara Municipal, na manhã desta segunda-feira (4). Ela ocupava o cargo de vice e assume no lugar de Marquinhos Trad, que renunciou na última sexta-feira (1), conforme documento entregue à Casa de Leis. A posse foi assinada pelo presidente da Câmara, vereador Carlos Augusto Borges, o Carlão, e pelo primeiro secretário, Delei Pinheiro. Antes disso, ela fez o juramento diante dos vereadores e do público presente no Plenário Oliva Enciso. 

Empossada, Adriane lembrou das dificuldades encontradas no início da gestão e garantiu estar preparada para o desafio de comandar a cidade. “São desafios e dificuldades que nos preparam para o futuro. Tivemos uma equipe preparada, pessoas dispostas, e vencemos a primeira eleição. Em quatro anos, revivemos a cidade. Agora, nessa segunda oportunidade, estamos com um plano de governo com mais de 47% executados. Nossa gestão foi pensada e planejada ouvindo as pessoas, olhando em seus olhos, e assim temos feito”, disse.

“Me capacitei. Passei cinco anos ombro a ombro com este homem [Marquinhos Trad]. Estamos prontos para o grande desafio que se coloca a nossa frente. Meu papel é servir pessoas. Estou aqui para fazer o melhor. Estou aqui como servidora pública para dar o meu melhor e fazer com excelência”, garantiu.

Citando cada um dos vereadores, Carlão agradeceu como “cada um dos vereadores ajudam na aprovação de muitos projetos que atendem a cidade”, citando que ainda amanhã devem ser votados projetos que beneficiam os servidores municipais. “A Câmara Municipal é um poder preocupado com a vida das pessoas”, afirmou. 

Ele ressaltou que a prefeita está com mesmo intuito, de melhorar a vida das pessoas. “Aqui não é um poder de toma-lá-dá-cá, de barganha, de traição; quando vejo a fidelidade de vereadores me orgulha. O que me decepciona é a traição. Vamos votar a favor da cidade. Vou pedir o mesmo respeito que tínhamos do prefeito (Marquinhos) com essa Casa”, disse, lembrando a importância da conversa com a Mesa Diretora e todos os vereadores. “Juntos vamos votar a favor da cidade. Nós, 29 vereadores, vamos ajudar Adriane a melhorar mais ainda a vida das pessoas. É nosso compromisso”, afirmou. Carlão, que está no quarto mandato como vereador, destacou que pretende deixar legado de trabalho, honestidade e fidelidade. Destacou que o legislativo vai trabalhar de forma leal, sem abrir mão das prerrogativas.    

Continuidade – Em sua fala, o agora ex-prefeito Marquinhos Trad falou da situação que encontrou Campo Grande quando assumiu a Prefeitura, em 2017, e destacou a capacidade de Adriane Lopes para manter a cidade no caminho do desenvolvimento.

“Adriane esteve comigo no caminho da alegria e no caminho da tristeza. Ela sorriu comigo e enxugou lágrimas ao meu lado. Passamos momentos difíceis e sabíamos como encontraríamos Campo Grande. Mas, sabíamos que teríamos condições de resolver os problemas e devolver Campo Grande altiva, devolver o pôr do sol mais bonito aos campo-grandenses. Devolver o orgulho àqueles que, por questões de comando perturbado, não conseguiram demonstrar Campo Grande como de fato ela merece”, disse.

“Digo a todos de Campo Grande: estou muito orgulhoso da posse da minha amiga Adriane como prefeita da nossa cidade. Estou feliz porque a conheço. Andamos de mãos dadas e enfrentamos todas as situações. Não nos acovardamos e buscamos solucionar todas as questões. Ainda há o que fazer e podem ter certeza: com a mesma nota 10 de transparência que obtivemos, a Adriane há de manter essa nota de excelência e louvor, pois nossa equipe sempre se dedicou e sempre vai se dedicar pela nossa cidade”, completou.

Gestão – A diretora-presidente do IMPCG (Instituto Municipal de Previdência de Campo Grande), Camilla Nascimento de Oliveira, destacou a participação das mulheres no secretariado na atual gestão e afirmou que a nova prefeita é “um troféu para as mulheres”.

“Esse não é um dia apenas histórico, mas de muita honra. Deixa para trás gerações de exclusão e desigualdade. Nós, mulheres, somos 52% da população brasileira. Somos a maioria e, ainda assim, um percentual muito distante de uma expressividade no cenário da política nacional. Para nós, esse momento é histórico. Hoje, temos uma prefeita que cuida de 900 mil vidas”, afirmou.

“[No secretariado] são mulheres que trabalham com o peso da responsabilidade de cuidar de todas as formas de vida. Esse peso não é um fardo: é amor. Adriane Lopes é um troféu para nós, mulheres. Trabalhamos juntas e conhecemos todo o seu potencial. Todas vamos levantar esse troféu o mais alto que pudermos, para que esse brilho atinja e inspire mais e mais mulheres”, completou.

O vereador Dr. Sandro Benites, do Patriota, mesmo partido da prefeita, destacou a receptividade de Adriane sempre com todos que visitavam sua casa e ressaltou que certamente “as portas da prefeitura permanecerão abertas para todos como seu antecessor”, disse. Ele destacou que Marquinhos Trad foi corajoso e ousado sendo o primeiro prefeito a renunciar. 

Dr. Sandro Benites enfatizou ainda que novos ciclos são necessários na política, agradeceu a oportunidade ao partido e à prefeita. Lembrou do currículo de Adriane, destacado que está “unindo teoria e prática com seus cinco anos como vice-prefeita” e enfatizou que “a cadeira será de toda pessoa de bem, pois a prefeitura não pertence apenas uma pessoa, ela é do povo”. 

Currículo – Adriane tem 43 anos, é natural de Grandes Rios, interior do Paraná, mas mudou-se para Campo Grande com a família quando ainda tinha 9 anos. É graduada em Direito e Teologia, pós-graduada em Administração Pública e Gerência de Cidades. Também é Coach e Leader Coach pelo Instituto Brasileiro de Coaching (IBC).

Ela começou a trabalhar com a venda de sorvetes para pagar a faculdade de Direito, advogou, trabalhou na Agência Estadual de Administração do Sistema Penitenciário (Agepen) durante quatro anos. Também desenvolveu vários projetos sociais. Foi eleita vice-prefeita por dois mandatos e agora assume a prefeitura de Campo Grande.  Adriane é casada com o deputado estadual Lídio Lopes e tem dois filhos. 

Adriane é a primeira mulher a chegar ao comando da prefeitura numa eleição pelo voto direto. Antes dela, Nelly Bacha já esteve à frente da administração municipal em 1983, quando era presidente da Câmara Municipal e foi nomeada para a prefeitura pelo então governador Wilson Barbosa Martins. 

Colunas