Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Confira os locais de interdição das obras de revitalização do microcentro

Seguindo o cronograma de obras da segunda etapa da revitalização do microcentro, nesta terça-feira (29) as ruas Trindade e Rui Barbosa ficarão totalmente fechadas entre as ruas Tomás Edson e Hélio de Castro Maia, para a execução de recapeamento.

O fechamento deve ser feito a cada três quadras, com os cruzamentos totalmente fechados. Após finalizado e liberado o primeiro trecho, o serviço avança para as próximas três quadras e assim por diante. A previsão de liberação é para a próxima quinta-feira, 31 de março.

Também amanhã, a Rua Rui Barbosa, entre as ruas Dolor Ferreira de Andrade e Júlio Dittmar, ficará totalmente fechada para obra de drenagem. Neste trecho, a previsão de liberação é para sábado, dia 2 de abril.

Primeira etapa

No último final de semana foi entregue à população, a primeira etapa da requalificação da área central. No trecho que engloba as ruas 7 de Setembro, 26 de Agosto, 15 de Novembro, Barão de Melgaço, Marechal Rondon (entre a 14 de Julho e José Antônio), José Antônio (da Avenida Afonso Pena até a Avenida Rodolfo José Pinho) e a Rui Barbosa (da Avenida Fernando Corrêa da Costa até a 7 de Setembro), foram plantadas mais de 600 árvores, instaladas 360 lixeiras e executados mais de 15 mil metros lineares de asfalto. A segunda etapa está prevista para ser entregue em agosto.

O Reviva Campo Grande está revitalizando a área central com drenagem, recapeamento, instalação de mobiliário urbano, wifi gratuito, acessibilidade universal, padronização de calçadas, iluminação em led, videomonitoramento e paisagismo.

As obras estão sendo executadas pelas equipes da Subsecretaria de Gestão e Projetos Estratégicos (Sugepe), com apoio da Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran), Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos (Sisep), Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano (Semadur), Energisa, operadoras de telefonia, MS Gás, Águas Guariroba e Solurb.

Colunas