Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Bolsistas do programa Cidadania Viva tem experiência única em visita ao Bioparque Pantanal

Bolsistas do programa Cidadania Viva, da Secretaria de Cidadania e Cultura (Secic), passaram por uma experiência diferente com a visita ao Bioparque Pantanal – Espaço de Experiência e Conhecimento. Para o secretário-adjunto da Secic, Eduardo Romero, a visita foi um momento muito importante para os integrantes do programa. “Essa visita foi muito emblemática para os nossos jovens bolsistas, tendo em vista que durante o Festival Campão Cultural, os tapumes da obra do Bioparque receberam uma intervenção artística como forma de experimentação ao que seria o Cidadania Viva, com seus eixos de atuação. E essas obras estão expostas aqui, o que nos traz o sentimento de gratidão pois aqui é um espaço de cidadania. ”

E esse sentimento descrito pelo secretário-adjunto da Secic, também é compartilhado pela bolsista do programa, Renata Ortega. “Essa experiência aqui hoje é surreal, porque quando viemos durante o Campão só tivemos acesso à parte externa. E quando chegamos aqui nos deparamos com os tapumes, com a nossa arte que foi realizada depois de muita troca de experiência na época. ”

Durante o período que estiveram no Bioparque os jovens bolsistas puderam exercitar os eixos de atuação do programa Cidadania Viva, o Vozes Cidadãs, Prosa Cidadã, Pontes para Cidadania e Rota Cidadã.

“Esse é mais um espaço público que hoje a sociedade sul-mato-grossense assume para a construção de histórias. Para que nós possamos falar da nossa cultura, da nossa fauna, da nossa biodiversidade. E estar aqui é algo emocionante, estamos fazendo o link com a cidadania, com as ODS, políticas públicas e executando os pilares do programa ao qual fazemos parte”, ressalta Rodrigo da Silva Bezerra, Coordenador-Geral do Programa Cidadania Viva.

A diretora do Bioparque Pantanal, Maria Fernanda Balestieri reforçou que, “o programa já estava conosco desde a época em que estávamos concluindo a obra do Bioparque, e hoje é a materialização daquele trabalho. E vê-los aqui acompanhando o que eles só viam de fora é maravilhoso, os olhinhos brilhando, é um momento de integração com esses jovens”, finaliza.

O Programa “Cidadania Viva” trata do incentivo ao diálogo, uso da educomunicação, da formação de Monitores Sociais, rodas de conversas e expressões comunicativas por meio da arte, cultura e cidadania. O Programa está em sintonia com a Agenda 2030 da ONU, que elenca 17 (dezessete) Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS), compostos por 169 (cento e sessenta e nove) metas, entre elas a erradicação da pobreza e a promoção da dignidade para todos.

Colunas