Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Beneficiando 20 cidades, Marcio Fernandes entrega Castramóvel em Nioaque

Trabalhando para ampliar o serviço de castração gratuita de cães e gato em Mato Grosso do Sul, o deputado estadual e médico veterinário Marcio Fernandes (MDB) entregou na manhã desta quarta-feira (08) o Castramóvel do Consórcio Intermunicipal para o Desenvolvimento Integrado das Bacias dos Rios Miranda e Apa (Cidema). A unidade irá beneficiar até 20 municípios.

A entrega da Unidade Móvel de Castração de Cães e Gatos foi em Nioaque e contou com a presença de prefeitos da região, assim como o administrador da cidade e presidente da Assomasul, Valdir Junior, e também do presidente do Consórcio e prefeito de Porto Murtinho, Nelson Cintra.

“Como presidente do Consórcio agradeço o deputado Marcio Fernandes pela parceira que fortalece o Consórcio. Essas ações unindo os municípios beneficiando todos e o deputado está de parabéns”, destacou Nelson Cintra.

Valdir Junior também elogiou as ações do médico veterinário de deputado Marcio Fernandes. “O Castramóvel é uma clínica veterinária sobre rodas e tem um alto custo. Parabéns deputado pela inteligência de ajudar diminuir os custos e beneficiar a população. Destinado a emenda para o consórcio todos os municípios são beneficiados”, ressaltou.

Deputado Marcio Fernandes durante entrega de Castramóvel em Nioaque (Foto: Fernando Hassessian)
Castramóvel entregue pelo deputado Marcio Fernandes em Nioaque (Foto: Fernando Hassessian)

Conforme informações do site do Consórcio fazem parte do Cidema: Anastácio, Antônio João, Aquidauana, Bela Vista, Bonito, Camapuã, Caracol, Corguinho, Corumbá, Guia Lopes da Laguna, Jaraguari, Jardim, Ladário, Maracaju, Miranda, Nioaque, Porto Murtinho, Rio Negro, Rochedo e Sidrolândia.

Destas cidades, o deputado estadual Marcio Fernandes já entregou Castramóvel em Aquidauana, Bonito, Jardim, Maracaju e Sidrolândia. Além de destinar a emenda para compra da unidade de Corumbá.

“Alguns municípios têm receita para manter uma unidade e são grandes o suficiente para ter a sua, mas outros são pequenas e não comportam ou não conseguem manter porque é caro. Precisa ter liberação do CRMV, ter médico veterinário, auxiliar, equipe, insumos, enfim. Com o consórcio é possível beneficiar várias cidades e com o custeio menor para os prefeitos”, declarou Marcio Fernandes.

Colunas