Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Polícia Federal apreende 231 toneladas de insumo químico para cocaína em Corumbá

A Polícia Federal de Corumbá aprendeu, na noite de sexta-feira (18), grande quantidade de insumo químico que pode ser usado no refino de cocaína.

As 231 toneladas de Acetato de Etila foram apreendidas no pátio de uma empresa de transporte de cargas em Corumbá, após terem sido transportadas por cinco caminhões de uma empresa fornecedora localizada em São Paulo.

O material encontrado possui valor aproximado de R$ 3 milhões e teria como destino uma empresa boliviana localizada na cidade de Santa Cruz de La Sierra.

A apreensão ocorreu após fiscalização de policiais federais que constataram a irregularidade no transporte e recebimento da carga, além das suspeitas sobre a empresa compradora do produto na Bolívia, que poderia ser utilizada para desvio do material para o refino de cocaína em território vizinho.
Segundo peritos criminais da PF, o Acetato de Etila está presente em mais de 87% das amostras de cocaína apreendidas no Brasil.

Não houve prisões, porém todos os autuados infringiram o disposto na Lei 10.357/2001 e poderão responder tanto administrativamente quanto criminalmente, de acordo com suas responsabilidades.

A Delegacia da Polícia Federal em Corumbá/MS mantém canal de denúncias anônimas através do e-mail uip.cra.ms@pf.gov.br e do telefone 67 9 9202 8240. Caso saiba de informações sobre este ou outros casos de competência da PF entre em contato.

Colunas