Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Policiais cumprem mandando de prisão contra quadrilha que roubava carros

A polícia civil, através da Delegacia Especializada de Repressão a Furtos e Roubos de Veículos – DEFURV, cumpriu mandado de prisão preventiva e concluiu investigação de associação criminosa responsável pela prática de roubo em série de seis veículos em Campo Grande.

Na tarde de ontem (5), policiais civis lotados na Especializada, deram o cumprimento ao mandado de prisão preventivo expedido em desfavor do masculino de 18 anos, integrante de associação criminosa.

No dia 9 de fevereiro, dois homens, de 22 anos e 24 anos, foram presos em flagrante após subtraírem mediante grave ameaça os veículos Chevrolet/Onix, cor prata, e o veículo Hyundai/HB20 S, cor prata. 

Após a autuação em flagrante, foi solicitada a transferência dos presos para a Defurv em razão da semelhança dos crimes praticados. Em depoimento, os autores confessaram autoria de diversos crimes de roubo em que empregaram o mesmo modo de agir. 

Apontaram um autor de 18 anos e um estrangeiro (vulgo Paraguaizinho) como comparsas, e informaram que os veículos tomados de assalto tinham como destino o Paraguai.

Consta no boletim de ocorrência da DEPAC-CEPOL, que no dia 12 de janeiro, a vítima foi surpreendida por duas pessoas do sexo masculino que, mediante grave ameaça exercida com emprego de arma de fogo, subtraíram o veículo Nissan/Versa, cor prata. Na ação, para intimidar a vítima, o autor que portava a arma de fogo efetuou um disparo.

Outro boletim de ocorrência registrado na Cepol, noticia que no dia 13 de janeiro, as vítimas que estavam na comapnhia dos quatro filhos em uma praça brincando, quando um veículo Nissan/Versa se aproximou e um indivíduo que estava do lado do passageiro, na posse de uma arma de fogo, exigiu a entrega do veículo Hyundai/HB20, cor branca. Na ação, o indivíduo efetuou um disparo de arma de fogo para intimidar as vítimas e subtraíram o HB20. 

No dia 15 de janeiro os veículos Versa e HB20 foram localizados pela polícia militar na casa do autor de 22 anos. No momento da abordagem, ele percebeu a chegada dos policiais e fugiu pulando o muro das casas.

Em outro Boletim de Ocorrência consta que no dia 19 de janeiro, a vítima que estava na companhia da sua mãe parou seu veículo HB20, cor marrom, no semáforo e foi surpreendida por um homem que desceu de um outro veículo e anunciou o assalto. Na ocasião, a vítima teve seu veículo subtraído após grave ameaça. O referido veículo não foi localizado.

No dia 5 de fevereiro, a vítima (82 anos) estacionava seu veículo VW/UP, cor prata, quando foi surpreendida por um indivíduo que desceu de um veículo HB20 Sedan, cor prata, onde estavam mais três indivíduos. Na ação, após ameaça, a vítima teve seu veículo UP subtraído. O veículo não foi localizado.

Após a subtração do carro, levaram imediatamente o VW/UP para o Paraguai.

O veículo HYUNDAI/HB20S, cor prata, utilizando no roubo registrado na DEPAC-CENTRO, foi localizado com o avô do autor de 22 anos.

Os autores de 22 anos e 24 anos foram indiciados e interrogados pelos crimes apurados. Em depoimento, apontaram a participação do autor de 18 anos e do vulgo paraguaizinho. 

O autor de 18 anos foi reconhecido por todas as vítimas, razão pela qual foi representada pela prisão preventiva dele.

Na data de hoje, o autor foi localizado em uma residência onde foi realizada a busca e apreensão e o cumprimento do mandado de prisão preventiva. 

O vulgo Paraguaizinho, por ser estrangeiro, não possui qualificação e endereço neste município, sendo assim não foi localizado.

As investigações continuam através do Inquérito Policial e a polícia civil está à disposição da sociedade para servir e proteger. Qualquer denúncia poderá ser realizada pelo telefone 3309-8020.

Colunas