Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Três Lagoas faz faz alerta sobre tuberculose, doença que ainda circula na cidade

No Dia Mundial de Luta contra a Tuberculose, 24 de março, a Secretária Mundial de Saúde (SMS) alerta à população sobre esta doença antiga, que muitos pensam estar extinta, mas que só nos primeiros meses de 2022 já registrou 21 novos casos da doença.


A tuberculose é uma doença infecciosa e transmissível, causada pela bactéria Mycobacterium tuberculosis, também conhecida como bacilo de Koch, que ataca principalmente os pulmões, mais que também pode ocorrer em outras partes do corpo, como ossos, articulações, olhos e pele.


Em Três Lagoas, dos 59 casos registrados em 2021, 29 pessoas foram curadas, 2 foram à óbito e 9 abandonaram o tratamento, que dura cerca de 6 meses. Atualmente a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) realiza o tratamento de 35 pessoas, sendo 14 diagnosticadas em 2021 e 21 pacientes foram positivados para a doença em 2022.


De acordo a Enfermeira/Coordenadora do Programa Municipal de Controle da Tuberculose e Hanseniase, Thayse Cerzosimo, a Secretaria Municipal de Saúde trabalha com a possibilidade de alguns casos não terem sido diagnosticados no ano passado, devido à pandemia, algumas pessoas podem ter confundido os sintomas e não procuraram atendimento especializado.


Quais são os sintomas da tuberculose?


• Tosse e/ou catarro por 3 semanas ou mais;
• Febre vespertina;
• Suores noturnos;
• Falta de apetite e/ou Emagrecimento;
• Cansaço/Fadiga;


IMPORTANTE: Recomenda-se que toda pessoa com sintomas respiratórios, ou seja, que apresente tosse por três semanas ou mais, seja investigada para tuberculose.
Caso a pessoa apresente sintomas de tuberculose, é fundamental procurar a Unidade de Saúde da Família mais próxima da residência para avaliação e realização de exames. Se o resultado for positivo para tuberculose, deve-se iniciar o tratamento o mais rápido possível e segui-lo até o final.

Como é feito o diagnóstico da tuberculose?


Para o diagnóstico da tuberculose são utilizados os seguintes exames:
• Baciloscopia (exame de escarro);
• Cultura para micobactéria
• Exame de imagem (raio x ou tomografia de tórax)
IMPORTANTE: Esses exames são fundamentais para identificar o bacilo da tuberculose e são utilizados para confirmar o diagnóstico bacteriológico da doença.


Como a tuberculose é transmitida?


É transmitida da pessoa doente, que não está sendo tratada, através das vias aéreas (tosse, espirro, fala). Os bacilos são lançados para o ar, onde permanece em suspensão por horas.
Nem todas as pessoas adoecem quando contaminadas, isso depende principalmente da capacidade de defesa do organismo. É por este motivo que pessoas infectadas pelo vírus (HIV) têm maior risco de desenvolver a doenças.
A Tuberculose não é transmitida pelo abraço, aperto de mão ou carinho. Não é necessário separar roupas, os pratos, os talheres e o copo.


Como é o tratamento da tuberculose?


O tratamento da tuberculose é gratuito e deve ser realizado nas Unidades de Saúde do Sistema Único de Saúde (SUS). O esquema básico tem duração de 6 meses de uso diário de remédios e mesmo após a melhora, o tratamento não deve ser interrompido.
PREVINA-SE:
– Mantenha o ambiente bem ventilado e com luminosidade do sol;
– Evite locais fechados com aglomeração de pessoas;
– Vacine-se, a BCG protege contra as formas graves da doença e deve ser tomada ao nascer.

IMPORTANTE:


•Qualquer Unidade de Saúde pode diagnosticar tuberculose, procure a mais próxima de você;
•Não abandone o tratamento e siga as orientações dos profissionais de saúde Agentes Comunitários de Saúde;
•Os contatos próximos também devem ser avaliados;

Colunas