Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Dourados dá início a projeto de Financiamento Subsidiado de Moradia Popular

A Agehab (Agência Municipal de Habitação) está com a inscrição aberta para o programa habitacional de financiamento de apartamentos em Dourados. Serão construídos 160 apartamentos em terreno doado pela Prefeitura de Dourados, no Condomínio Erny Vieira da Rocha, localizado no Conjunto Habitacional Izidro Pedroso.

O conjunto terá 10 blocos com 16 apartamentos cada e espaço livre para recreação. A unidade habitacional terá 50,19 m2, sendo dois quartos, sala, cozinha, área de serviço, banheiro e circulação.

Essa modalidade atende famílias com rendimento mensal entre R$ 1.300,00 a 4.685,00 e que estejam interessadas em obter financiamento junto a Caixa Econômica Federal, com recursos do programa Casa Verde e Amarela.

Diego Zanoni, diretor-presidente da Agência de Habitação destacou que geralmente o que dificulta o acesso ao financiamento é o valor exigido na entrada do imóvel. “Com a doação do terreno de propriedade da Prefeitura de Dourados e do Governo do Estado aos beneficiários, ocorrerá a diminuição deste valor de entrada ou até o abatimento total, tornando essa linha de crédito mais acessível para as famílias, que não precisarão desembolsar um valor significativo de entrada, e com isso poderão concentrar suas economias para o pagamento das parcelas do financiamento”, completou.

A doação do terreno ao beneficiário é realizada no ato da assinatura do contrato com a CAIXA. Os juros e a prestação a serem pagas pelos beneficiários são acessíveis e estabelecidos nos normativos do Programa. O Estado e Município, também subsidiarão o valor das unidades habitacionais, através de realização de obras de infraestrutura interna, no acesso e entorno do empreendimento.

“Além de beneficiar famílias cadastradas junto à Agehab, reduzindo, desta forma, o déficit habitacional de Dourados, o projeto não gera custos significativos ao poder público municipal, haja vista, que o investimento a ser realizado pelo município consista na doação de um terreno já desafetado e destinado a construção de habitações de interesse social. E gera ainda a criação de empregos e a circulação de renda, tanto pelos empregos criados durante a construção, quanto pela venda das unidades construídas”, finalizou Zanoni.

Exigências do programa

O pretendente não poderá ter restrição cadastral (SERASA , SPC OU CADMUT);
Deverá apresentar a comprovação de renda declarada no cadastro;
Não pode ter casa própria ou já ter sido beneficiado em outro programa.

Inscrições

Quem deseja se inscrever para o financiamento deve fazer a inscrição ou atualizar cadastro no site da Agehab através do link www.agehab.ms.gov.br/inscricao ou presencialmente na Agência de Habitação localizada na prefeitura. A seleção das famílias é feita pela Agehab seguindo critérios de prioridade como idosos, pessoas deficientes e mulheres chefes de família.

Colunas