Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Dourados intensifica ações para combate à tuberculose durante o mês de março

A Prefeitura de Dourados intensificou as ações de combate à tuberculose durante todo o mês de março. No dia 24 de março é celebrado o Dia Mundial de Combate à Tuberculose, o município conta com o CRTH (Centro de Referência Municipal em Tuberculose e Hanseníase), local especializado no tratamento. Nesta quinta-feira (24), será realizado uma capacitação sobre tuberculose na ESF (Equipe de Saúde da Família) Saúde Indígena Jaguapiru.

A campanha contou com apoio do Núcleo da Atenção Básica, do Departamento de Vigilância em Saúde, por meio da Sems (Secretaria Municipal de Saúde). O titular da Sems, Waldno Lucena Júnior, ressalta que nos últimos cinco anos a doença apresenta variação no município, mas o índice de pessoas curadas se mantém positivo.

Os dados apresentam informações dos últimos cinco anos, sendo eles 2017, 2018, 2019, 2020 e 2021. O número de casos confirmados apresenta dados com base a cada 100 mil habitantes em que, respectivamente, são: 46, 79, 69, 43 e 56. Já a taxa de cura da doença se manteve acima dos 75%, sendo, respectivamente, 86%, 76%, 81%, 86% e 77%.

“Para realizar o diagnóstico rápido da doença é preciso que a equipe da Saúde esteja atenta aos sintomas e oriente a população sobre os riscos de contrair a doença. No dia em que é celebrado o combate à doença, faremos esta ação na comunidade indígena, que é vulnerável ao adoecimento por tuberculose”, ressaltou.

O principal sintoma da tuberculose é a tosse persistente por mais de três semanas. Para identificar a doença é preciso realizar a coleta do escarro e encaminhar o material para o laboratório do CRTH. Caso confirmado, é preciso realizar exames de contatos domiciliares e dar início ao tratamento da doença.

Serviço: O CRTH funciona de segunda à sexta-feira, das 7h às 13h e está situado no bloco amarelo do PAM, na rua Dr. Vanilton Finamore, 289 – Vila Industrial.

Colunas