Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

GARRAS promove instrução de combate em ambiente confinado, atendimento pré-hospitalar e sobrevivência policial 

Na sexta-feira (3), a Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a os, Assaltos e Sequestros – GARRAS promoveu instrução de atendimento pré-hospitalar, sobrevivência policial (home defense) e combate em ambiente confinado a mulheres da Polícia Civil.

O treinamento se concentrou na indicação das técnicas adequadas relativas ao primeiro atendimento em caso de lesões, sobretudo decorrentes de confrontos na atividade policial (atendimento pré-hospitalar); na utilização de técnicas destinadas à conduta em situações de reação a assalto ou ingresso de criminosos na residência do policial (sobrevivência policial/home defense); e, por fim, em técnicas destinadas ao ingresso em residências quando do cumprimento de mandados de busca e apreensão domiciliar.

Esta soma de conhecimento se caracteriza como regras mínimas que devem ser empregadas por todos os policiais, seja durante a atividade policial ou fora do serviço, quando por vezes o policial é levado a agir no dever ininterrupto de sua função.

O GARRAS tem como uma de suas missões justamente a promoção de instruções direcionadas a todos os policiais, sendo que a capacitação específica do público policial feminino é de extrema valia para as atividades diuturnas executadas pelas mais variadas unidades policiais do Estado.

Colunas