Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Polícia Civil realiza reprodução simulada de acidentes ocorridos em Rio Verde no último mês

Nesta quinta-feira (12), a Polícia Civil, por meio da Delegacia de Rio Verde, procedeu com a reprodução simulada de dois acidentes de trânsito com morte ocorridos no último mês nesta cidade. A simulação foi realizada pela Unidade de Perícia de Coxim com apoio da Delegacia local, equipes da PRF e da Concessionária CCR, sendo necessário o bloqueio temporário de algumas vias e acessos.

A medida buscava compreender melhor a dinâmica dos acidentes, definindo elementos importantes para a elucidação do caso, tais como visibilidade da via, velocidade dos veículos, tempo de frenagens e demais circunstancias. A perícia técnica possibilita maior rigor na apuração dos fatos, definindo a exata responsabilidade criminal de cada um dos condutores.

A autoridade policial poderá continuar com as investigações com base nos documentos periciais elaborados neste dia, e, por ventura, responsabilizar aqueles que agiram de forma imprudente.

Relembre os casos:

No dia 02 de abril de 2022, no km 608 da BR 163, perímetro urbano, um veículo caminhonete da concessionária CCR, conduzido por um de seus funcionários, acabou atropelando L. F. A (35), que cruzava a rodovia em uma bicicleta fora da faixa. Apesar do socorro imediato, a vítima veio a óbito em razão dos ferimentos.

Já no dia 16 de abril de 2022, no km 669 da BR163, na saída para a via MS080, sentido de Rio Negro, dois veículos de passeio e um veículo caminhão se chocaram, causando a morte de D. D. J (29) e lesões nos demais envolvidos.

A Delegacia de Polícia de Rio Verde de MT alerta a população sobre os cuidados necessários no trânsito, pois o respeito às regras é imprescindível para salvaguardar vidas. Infelizmente, a cidade tem experimentado tristes episódios que poderiam ser evitados pelo simples cumprimento das normas.

O mês de maio também é conhecido como MAIO AMARELO, movimento que surgiu justamente para chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo.

Colunas