Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Reajuste dos professores é aprovado na Câmara de Campo Grande

O projeto da Prefeitura de Campo Grande para reajuste no salário de professores foi aprovado na Câmara Municipal.  No projeto a Prefeitura concedeu aos professores a integralização do valor do piso nacional do magistério por 20 horas.

Desta forma, o valor do vencimento do nível 1, classe A, carga horária de 20 horas semanais do magistério municipal, corresponderá ao valor do piso salarial nacional, de que trata o art. 22 da Lei Federal n. 11.738/2008. A integralização ocorrerá de forma escalonada.

Iniciando o aumento em abril de 2022 para o vencimento base do Nível 1-Classe A-20 horas, equivalente a 57,84% do valor piso nacional. Em novembro de 2022, equivalente a 63,85%, em dezembro de 2022, equivalente a 66,91%, em maio de 2023, equivalente a 73,98%; em outubro de 2023, equivalente a 81,80%, em maio de 2024, equivalente a 90,44, até chegar a sua totalidade, de 100%, em outubro de 2024.

A medida vem ao encontro de projetos da gestão em reconhecer o servidor público municipal do magistério, concretizando uma efetiva valorização dos professores e professoras, com resultados positivos aos munícipes campo-grandenses.

A medida proposta foi aprovada em Assembleia Geral realizada pelo Sindicato Campo-Grandense dos Profissionais da Educação Pública (ACP), contando com amplo apoio da categoria.

Colunas