Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Governo elabora diagnóstico de eficiência energética de hospitais públicos e unidades de saúde

Todos os 79 municípios de Mato Grosso do Sul vão receber um diagnóstico para melhoria da eficiência energética de hospitais públicos e unidades de saúde. O trabalho será realizado pelo Governo do Estado, por meio da Semagro (Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) em parceria com o Sebrae/MS e Senai, e deve ser concluído até agosto de 2022.

O diagnóstico de eficiência energética de hospitais públicos e unidades de saúde é uma das ações do Propeq Dinamiza (Programa Estadual dos Pequenos Negócios), realizado pela Semagro em parceria com o Sebrae/MS. O objetivo é proporcionar redução de consumo e custos com energia elétrica, bem como identificação de oportunidades de investimentos com retorno atrativo para economia com custos de energia nesses locais.

“Vamos utilizar o know-how e conhecimento técnico do Senai, que nos apresentou uma proposta de prestação de Serviços de Eficiência Energética em hospitais das prefeituras. Serão atendidos 9 hospitais públicos e outras 70 unidades de saúde do interior do Estado, abrangendo assim os 79 municípios sul-mato-grossenses. Com esse diagnóstico em mãos, as prefeituras municipais poderão acionar a Energisa para a implantação das adaptações necessárias para promover a eficiência energética desses locais”, informa o secretário Jaime Verruck, da Semagro.

Todo o processo para a realização do diagnóstico será realizado sem custos por meio de consultoria em Eficiência Energética realizada pelo Senai MS. As prefeituras municipais serão auxiliadas na escolha da unidade de saúde com maior potencial de redução de consumo. “Já encaminhamos ofício a todos os prefeitos informando que o Senai irá entrar em contato para agendar a visita no município para aplicação do diagnóstico de eficiência energética”, informa o titular da Semagro. O prazo para conclusão do trabalho e entrega do diagnóstico dos 79 municípios é agosto deste ano.

Serão atendidos 9 hospitais públicos, localizados nos municípios de Bataguassu, Chapadão do Sul, Dourados, Aquidauana, Naviraí, Três Lagoas, Campo grande, Ponta Porã e Corumbá. O trabalho a ser realizado pela equipe técnica do Senai inclui visita para coleta de dados e levantamento de informações para reconhecimento e das cargas elétricas (equipamentos) e mensuração da demanda e consumo energético das máquinas e equipamentos elétricos.

Em seguida, será realizada análise do histórico de faturamento energético, memória de massa, fator de carga e fator de potência da unidade; análise de potenciais e identificação de oportunidades para redução do consumo e custo energético da unidade e análise de viabilidade técnico-econômica dos potenciais de redução do consumo energético da unidade. Por fim, será elaborado relatório de diagnóstico energético da unidade e entregue o documento técnica com a apresentação dos resultados identificados e plano de ação de intervenção.

A realização do diagnóstico de eficiência energética também integra o rol de ações previstas no MS Renovável para o cumprimento da meta de Mato Grosso do Sul tornar-se um Estado Carbono Neutro até 2030. “Temos uma série de ações nesse sentido e o diagnóstico de eficiência energética é um deles. No âmbito do Governo do Estado, temos uma PPP em andamento para implantação de sistemas de energia solar para suprir a demanda das estruturas e órgãos da administração estadual”, finaliza Jaime Verruck.

Colunas