Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
Share on email

Integrantes da Rota Bioceânica percorrem circuito do maior aquário de água doce do mundo

Em Mato Grosso do Sul para o 1° Fórum de Integração dos Municípios do Corredor Bioceânico, autoridades do Brasil, Paraguai, Argentina e Chile visitaram o Bioparque Pantanal na manhã desta quinta-feira (26). O govenador Reinaldo Azambuja acompanhou o percurso e falou  da importância de apresentar para todos a biodiversidade que o complexo abriga.

“O Bioparque Pantanal é hoje um complexo que atrai todo mundo pela biodiversidade que temos aqui, além de apresentar  muito bem os biomas sul-mato-grossenses. A existência de ecosistemas de outros continentes, também torna a visita uma verdadeira viagem pelo nosso planeta”, disse.

Para a diretora do bioparque, Maria Fernanda Balestieri, é gratificante saber que o local se tornou um dos principais pontos turísticos da Capital e também um fonte multiplicadora de conhecimento ambiental. “Nossa maior alegria é poder receber as pessoas e sentir que elas ficaram encantadas com o que viram, não só por apreciar nossas belezas, mas por saírem daqui agregando conhecimento”, explicou.

Também participaram da visita o senador Nelsinho Trad, presidente da Frente Parlamentar Internacional do Corredor Bioceânico; secretário Jaime Verruck (Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar) e o ministro da carreira diplomática do Ministério das Relações Exteriores, João Carlos Parkison de Castro. Presidente da ALEMS, deputado Paulo Corrêa, o prefeito de Porto Murtinho, Nelson Cintra, e autoridades do Paraguai, Argentida e Chile.

O complexo está aberto ao público em geral, estudantes, universidades e organizações da sociedade civil de forma gratuita até o final do ano, mas é necessário realizar agendamento. Devido a grande procura, as vagas para maio e junho já foram preenchidas, mas no dia 16 de junho abre novo agendamento para visitas em julho.

Colunas